Quem Somos

A Empresa

A Marré Infinito foi fundada em 1991 em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.

O estado de Minas Gerais tem a maior reserva de pedras preciosas do mundo. Durante o período colonial teve suas riquezas de ouro e diamante exploradas nas regiões de Ouro Preto e Diamantina e sua produção era toda escoada pela Estrada Real, um dos mais importantes roteiros turísticos do Brasil na atualidade.

Nascer em Minas Gerais significa nascer em um berço de ouro e de pedras preciosas. Um legado fascinante que atualmente é explorado através das semijoias.

Mari Marré, sua fundadora, deu início as atividades no setor joalheiro como revendedora de joias em 1972, depois de quase duas décadas revendendo joias, decidiu explorar seu próprio design na produção de semijoias.

A semijoia

Nosso produto é chamado popularmente de semijoia, estando tão difundido que apesar das tentativas dos experts em adotar o nome folheado ou joia folheada, o termo semijoia continua a ser usado pelas consumidoras e revendedoras de todo o Brasil. Sendo assim para falar a linguagem de nossas clientes a Marré Infinito usa o termo semijoia para identificar o seu produto.

As semijoias revolucionaram o mundo da joalheria ao apresentar produtos que atendiam os anseios da mulher moderna. Sempre ávidas por novidades e de olho nas tendências da moda, as mulheres procuravam uma alternativa viável economicamente mas que tivesse o mesmo refinamento de uma joia. Novos desenhos, volume, cores, todo este universo de abundância fez o uso das semijoias se difundir.

Pedras brasileiras e do mundo

A Marré Infinito tem como seu maior diferencial um rico universo de pedras que exploramos com um design autentico e autoral. Atualmente usamos gemas lapidadas em Minas Gerais e de várias partes do mundo.

As pedras podem ser naturais ou reconstituídas. As pedras naturais são tiradas da natureza e lapidadas, podem receber uma coloração através de sofisticados processos de tingimento. As pedras usadas na Marré Infinito são geralmente os quartzos, as jades e as jasperes em infinitas cores e texturas. Também usamos pedras como o olho de tigre, as amazonitas, a obsidiana, a hawlita, entre outras e muitos cristais de vidro facetados que imitam as pedras preciosas naturais. As pedras independente de sua origem podem ser lapidadas em Minas Gerais, no sul do Brasil ou na Ásia.

Em 2011 a Marré Infinito produziu sua primeira coleção em cristais austríacos da SWAROVSKI ELEMENTS, uma parceria que enriqueceu o design da marca que explora uma rica combinação de cores e de materiais através do design de Pat Marré.

Autenticidade

As semijoias da Marré Infinito são desenhadas por Pat Marré através de um processo criativo autoral, reconhecido e admirado por mulheres do Brasil e do mundo.

Qualidade Marré

Semi-jóia: feita como jóia

A semijoia da Marré Infinito é produzida através de sofisticado processo de joalheria, suas peças são fundidas em fundição de “Cera Perdida” em uma liga de zinco e cobre chamada de latão, uma liga nobre de alto valor agregado.

Depois de fundidas as semijoias da Marré Infinito passam por um processo de acabamento manual e seus anéis são polidos um a um pelas mãos de experientes ourives.

Para finalizar, as semijoias são banhadas através de um processo eletrostático de deposição de metal, recebe duas bases de cobre, um banho de pré-ouro, um banho de folheação onde é depositada a camada de ouro que garante a durabilidade das semijoias. Por fim recebem um terceiro banho de pela cor final, que atualmente pode ser a “Cor Verde”, tom mais claro ou a “Cor Nobre”, tom levemente rosado por ter maior teor de cobre em sua liga.

Curiosidade: As bijuterias não recebem o banho de folheação por isso sua durabilidade é baixa e seu preço muito inferior ao das semijoias.

Cuidados e Dicas

Qualidade de jóia, cuidado de jóia

A semijoia recebe esta denominação por ser fabricada como joia: ela passa pelo mesmo processo de fundição e acabamento da joia em ouro maciço. Depois do processo de fundição em uma liga de metal e do acabamento, a semijoia recebe uma camada espessa de ouro; por isso ela se parece tanto com uma joia, e também por essa razão ela precisa receber os mesmos cuidados de uma joia.

Como limpar

Sempre que necessário, limpe sua semijoia utilizando sabão neutro e água, enxaguando bem e secando com uma flanela limpa. Esse procedimento remove a gordura natural deixada pelo corpo, além de retirar outras impurezas que poderiam danificar a peça.

Oxidação - Alteração da cor

Com o decorrer do tempo, as semijoias podem sofrer alterações na cor. Esse fenômeno é chamado de oxidação e causa o escurecimento da peça. A oxidação é um processo normal e não implica em baixa qualidade. No entanto, podem ocorrer processos de alteração mais acentuados capazes de produzir um escurecimento excessivo, manchar as peças, ou mesmo fazer com que fiquem vermelhas.

As semijoias são produzidas por processo eletrostático de deposição de metal e reagem com o meio ambiente, contato com a luz e elementos químicos como cosméticos, perfumes e produtos de limpeza.

Retire suas semijoias quando for fazer jardinagem, limpeza doméstica, higiene pessoal ou qualquer atividade que exija uso de material químico, abrasivo ou de impacto.

Depois de praticar atividades físicas com sua semijoia, lave-a com sabão neutro e deixe-a secar antes de guardar em seu porta joias, pois o sal do corpo produzido através do suor pode oxidar a sua peça.

Alterações hormonais como em gestantes podem produzir no suor substâncias que oxidem as semijoias. Excesso de ácido úrico também oxida sua semijoia.

Para aumentar a vida de suas semijoias, também é aconselhável retirá-las ao tomar banho de mar ou piscina, pois a salinidade do oceano e o tratamento químico das piscinas podem danificar o banho da semijoia.

Excesso de calor também pode promover a oxidação do banho: evite utilizar lâmpadas dicroicas para a iluminação de vitrines, ou mesmo da loja. Além de desconfortáveis por aquecerem muito o ambiente, elas promovem o processo de oxidação das semijoias, tornando seu banho avermelhado.

Riscos

Mesmos as joias, peças em ouro maciço, apresentam riscos depois de uso prolongado. Mas como são maciças, um simples polimento devolve as condições originais para as peças. Já o polimento da semijoia demanda um novo acabamento, polimento e banho. Desta forma é como se fosse necessário fazer uma semijoia nova, aproveitando apenas o metal de base.

Evite raspar a peça em superfícies ásperas, esbarrar em paredes, bordas de piscina, ou usar sua semijoia quando estiver em contato com material abrasivo como areia ou terra. Não convém, por exemplo, usar sua semijoia quando for brincar com as crianças na areia ou fazer jardinagem.

Deformação

Sua semijoia poderá se deformar da mesma maneira que uma joia caso não receba os cuidados necessários. Quando sua semijoia cair no chão, não pise. Dependendo da queda, a peça pode sofrer deformações; após uma queda, verifique os danos.

Ao levantar objetos pesados, retire os anéis, pois eles podem amassar.

Ao se movimentar, cuidado para que os colares, pingentes, brincos e pulseiras não enrosquem em algum objeto: as peças poderão se deformar ou partir. Se uma peça se partir em um local de solda, só poderá ser consertada por pessoas especializadas e deverão receber novo acabamento, polimento e banho.

Caso a ruptura aconteça em uma montagem com argolas, a peça poderá ser consertada utilizando dois alicates apropriados.

Pedra quebrada

Pedras podem ser quebradas ao sofrer quedas ou impactos fortes. Tanto os cristais como as pedras naturais quebradas não terão conserto: precisarão ser substituídas.

É importante observar que pedras cravadas não poderão ser substituídas, pois o processo de cravação não permite que a pedra seja removida e cravada novamente. Pedras coladas poderão ser substituídas normalmente, desde que o tipo de pedra esteja disponível nos estoques.

A singularidade das pedras naturais

Sobre as pedras naturais, vale ressaltar que são muito especiais: muitas vezes sua superfície apresenta algumas inclusões que se assemelham a rachaduras, criando efeitos que compõem o visual da peça e dão um toque de graça e irreverência. Tais características não são considerados defeitos, são inclusões naturais.

Pino de brinco quebrado

Pinos de brinco podem quebrar se não tomarmos o cuidado necessário ao encaixarmos a tarrachinha. Ao colocar o brinco não force o encaixe, posicione corretamente o pino no local apropriado e depois exerça uma pressão moderada para que o pino encaixe corretamente.

Garantia:

Toda semijoia Marré Infinito tem garantia de um ano no banho. Essa garantia é válida contra defeitos de fabricação; não estão incluídos na garantia danos causados pelo uso ou conservação inadequados.

Cada semijoia Marré Infinito passa por um rigoroso controle de qualidade, nossa equipe se empenha para que todas as peças cheguem até o cliente sem nenhum defeito de fabricação. Se, entretanto, um defeito for identificado o cliente deve se manifestar em até 7 dias após a data da compra.

Contatos:

Segunda a sexta de 8:30h às 18:30h
Rua Angustura, 111, bairro Serra
Fixo: (31) 2519-8528
WhatsApp: (31) 97592-4546
E-mail: garantia@marreinfinito.com